Rede de Divulgação


Voltar

Fato Relevante - Aquisição da Liquigás distribuidora S.A por grupo adquirente do qual Itaúsa participa

ITAÚSA – Investimentos Itaú S.A (“Itaúsa”) comunica a seus acionistas e ao mercado em geral que recebeu, ao final do dia 06 de novembro de 2019, comunicação formal de Petróleo Brasileiro S.A. (“Petrobras”) confirmando que o grupo do qual participa com Copagaz – Distribuidora de Gás S.A. (“Copagaz”) e Nacional Gás Butano Distribuidora Ltda. (“Nacional”), em conjunto “Grupo Adquirente”, apresentou a melhor oferta para aquisição da Liquigás

São Paulo - SP | 07/11/2019

FATO RELEVANTE

AQUISIÇÃO DA LIQUIGÁS DISTRIBUIDORA S.A. POR GRUPO ADQUIRENTE DO QUAL ITAÚSA PARTICIPA

 

ITAÚSA – Investimentos Itaú S.A (“Itaúsa”) comunica a seus acionistas e ao mercado em geral que recebeu, ao final do dia 06 de novembro de 2019, comunicação formal de  Petróleo Brasileiro S.A. (“Petrobras”) confirmando que o grupo do qual participa com Copagaz – Distribuidora de Gás S.A. (“Copagaz”) e Nacional Gás Butano Distribuidora Ltda. (“Nacional”), em conjunto “Grupo Adquirente”, apresentou a melhor oferta para aquisição da totalidade das ações da Liquigás Distribuidora S.A. (“Liquigás”) (“Operação”).

O valor da oferta pelo Grupo Adquirente foi de R$ 3,7 bilhões e está sujeito a ajustes previstos no contrato de compra e venda a ser assinado ainda este ano. A participação da Itaúsa na Operação se dará mediante investimento acionário na Copagaz, passando assim a deter participação acionária minoritária e relevante de aproximadamente 49% no capital social total e votante da Copagaz, permanecendo o restante do capital com os atuais acionistas de Copagaz.

A Operação será submetida à aprovação dos órgãos competentes da Petrobras, sendo posteriormente submetida ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). O fechamento da operação e respectiva liquidação financeira dependem do cumprimento de determinadas condições precedentes, dentre elas a aprovação pelo CADE.

A Itaúsa, atenta a oportunidades de alocação eficiente de capital, tem intensificado o processo de avaliação de alternativas de investimento e desinvestimento nos últimos anos, estando a Operação consonante com a estratégia da Itaúsa de gestão do seu portfólio de investimentos com vistas à ampliação de rentabilidade, redução de riscos e criação de valor de longo prazo.

Esta aquisição não produzirá efeitos nos resultados da Itaúsa neste exercício social.

A Itaúsa seguirá mantendo seus acionistas e o mercado em geral devidamente informados acerca dos desdobramentos do assunto acima referido, nos termos da legislação aplicável.

São Paulo (SP), 07 de novembro de 2019.

 

ALFREDO EGYDIO SETUBAL

Diretor de Relações com Investidores



Website: http://www.itausa.com.br/