Diário dos Fundos de Pensão - Pronunciamento do Codim

Voltar
Veículo: Diário dos Fundos de Pensão
Data: 04/06/14
 

 
Pronunciamento do Codim
 
O CODIM, do qual a Abrapp participa, divulgou o seu Pronunciamento de Orientação n° 17, sobre "Relacionamento da Companhia com a Imprensa".
Íntegra em:
 
http://www.codim.org.br/downloads/Codim_Pronunciamento_Orientacao_N_17_Relacionamento_Com_Imprensa_300514.pdf
 

 
Veículo: Dino
Data: 04/06/14
 

 
CODIM divulga Pronunciamento sobre Relacionamento da Companhia com a Imprensa
 
O CODIM (Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado) divulgou, em 02 de junho de 2014, Pronunciamento de Orientação do CODIM n° 17 sobre Relacionamento da Companhia com a Imprensa.
 
O bom relacionamento das companhias com a imprensa sinaliza o comprometimento da organização com a transparência. Ter uma política de "portas abertas" significa que seus administradores têm interesse em ampliar a disseminação do conhecimento sobre a companhia e seus negócios. Muitas das companhias de capital aberto são acompanhadas por veículos de comunicação, inclusive especializados, o que exige a adoção de melhores práticas no relacionamento com a imprensa.
 
Os relatores Helio Garcia, representante do IBRI, e Patrícia Pellini, representante da BM&FBOVESPA e Haroldo Levy, coordenador do CODIM (APIMEC), participaram de Coletiva de Imprensa sobre o assunto realizada a partir das 11 horas, do dia 02 de junho de 2014, na sede do IBRI.
 
A coordenação do CODIM é dividida entre o IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores) e a APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais), além da participação das entidades: ABRASCA (Associação Brasileira das Companhias Abertas), ABRAPP (Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar); ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), ANEFAC (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade); AMEC (Associação dos Investidores no Mercado de Capitais), ANCORD (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias); BM&FBOVESPA - Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros, CFC (Conselho Federal de Contabilidade), IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa) e IBRACON (Instituto dos Auditores Independentes do Brasil), tendo ainda como membro observador a CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Mais informações:
 
http://www.codim.org.br/
 
Segue link com a íntegra do Pronunciamento de Orientação do CODIM n° 17 sobre Relacionamento da Companhia com a Imprensa.
 
http://www.codim.org.br/downloads/Codim_Pronunciamento_Orientacao_N_17_Relacionamento_Com_Imprensa_300514.pdf
 

Assessoria de Imprensa do CODIM (Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado)
www.codim.org.br
Rodney Vergili / Jonathas Ruiz / Letícia Silvi
Digital Assessoria-Comunicação Integrada
Fones (11) 5574-1103 / (11) 5081-6064 / (11) 5579-2918
rodney@digitalassessoria.com.br
jonathas.ruiz@digitalassessoria.com.br
Letícia@digitalassessoria.oom.br
 

 
Veículo: Difundir
Data: 04/06/14
 

 
CODIM divulga Pronunciamento sobre Relacionamento da Companhia com a Imprensa
 
O CODIM (Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado) divulgou, em 02 de junho de 2014, Pronunciamento de Orientação do CODIM n° 17 sobre Relacionamento da Companhia com a Imprensa.
 
O bom relacionamento das companhias com a imprensa sinaliza o comprometimento da organização com a transparência. Ter uma política de "portas abertas" significa que seus administradores têm interesse em ampliar a disseminação do conhecimento sobre a companhia e seus negócios. Muitas das companhias de capital aberto são acompanhadas por veículos de comunicação, inclusive especializados, o que exige a adoção de melhores práticas no relacionamento com a imprensa.
 
Os relatores Helio Garcia, representante do IBRI, e Patrícia Pellini, representante da BM&FBOVESPA e Haroldo Levy, coordenador do CODIM (APIMEC), participaram de Coletiva de Imprensa sobre o assunto realizada a partir das 11 horas, do dia 02 de junho de 2014, na sede do IBRI.
 
A coordenação do CODIM é dividida entre o IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores) e a APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais), além da participação das entidades: ABRASCA (Associação Brasileira das Companhias Abertas), ABRAPP (Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar); ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), ANEFAC (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade); AMEC (Associação dos Investidores no Mercado de Capitais), ANCORD (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias); BM&FBOVESPA - Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros, CFC (Conselho Federal de Contabilidade), IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa) e IBRACON (Instituto dos Auditores Independentes do Brasil), tendo ainda como membro observador a CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Mais informações:
 
http://www.codim.org.br/
 
Segue link com a íntegra do Pronunciamento de Orientação do CODIM n° 17 sobre Relacionamento da Companhia com a Imprensa.
 
http://www.codim.org.br/downloads/Codim_Pronunciamento_Orientacao_N_17_Relacionamento_Com_Imprensa_300514.pdf
 

Assessoria de Imprensa do CODIM (Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado)
www.codim.org.br
Rodney Vergili / Jonathas Ruiz / Letícia Silvi
Digital Assessoria-Comunicação Integrada
Fones (11) 5574-1103 / (11) 5081-6064 / (11) 5579-2918
rodney@digitalassessoria.com.br
jonathas.ruiz@digitalassessoria.com.br
Letícia@digitalassessoria.oom.br
 

 
Veículo: JorNow
Data: 04/06/14
 

 
CODIM divulga Pronunciamento sobre Relacionamento da Companhia com a Imprensa
 
O CODIM (Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado) divulgou, em 02 de junho de 2014, Pronunciamento de Orientação do CODIM n° 17 sobre Relacionamento da Companhia com a Imprensa.
 
O bom relacionamento das companhias com a imprensa sinaliza o comprometimento da organização com a transparência. Ter uma política de "portas abertas" significa que seus administradores têm interesse em ampliar a disseminação do conhecimento sobre a companhia e seus negócios. Muitas das companhias de capital aberto são acompanhadas por veículos de comunicação, inclusive especializados, o que exige a adoção de melhores práticas no relacionamento com a imprensa.
 
Os relatores Helio Garcia, representante do IBRI, e Patrícia Pellini, representante da BM&FBOVESPA e Haroldo Levy, coordenador do CODIM (APIMEC), participaram de Coletiva de Imprensa sobre o assunto realizada a partir das 11 horas, do dia 02 de junho de 2014, na sede do IBRI.
 
A coordenação do CODIM é dividida entre o IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores) e a APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais), além da participação das entidades: ABRASCA (Associação Brasileira das Companhias Abertas), ABRAPP (Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar); ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), ANEFAC (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade); AMEC (Associação dos Investidores no Mercado de Capitais), ANCORD (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias); BM&FBOVESPA - Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros, CFC (Conselho Federal de Contabilidade), IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa) e IBRACON (Instituto dos Auditores Independentes do Brasil), tendo ainda como membro observador a CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Mais informações:
 
http://www.codim.org.br/
 
Segue link com a íntegra do Pronunciamento de Orientação do CODIM n° 17 sobre Relacionamento da Companhia com a Imprensa.
 
http://www.codim.org.br/downloads/Codim_Pronunciamento_Orientacao_N_17_Relacionamento_Com_Imprensa_300514.pdf
 

Assessoria de Imprensa do CODIM (Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado)
www.codim.org.br
Rodney Vergili / Jonathas Ruiz / Letícia Silvi
Digital Assessoria-Comunicação Integrada
Fones (11) 5574-1103 / (11) 5081-6064 / (11) 5579-2918
rodney@digitalassessoria.com.br
jonathas.ruiz@digitalassessoria.com.br
Letícia@digitalassessoria.oom.br
 

 
Veículo: DCI
Data: 03/06/14
 

 
Codim orienta melhor relação com a mídia
O Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado (Codim) - que reúne 12 entidades dos mercados financeiros e de capitais - divulgou ontem seu pronun...
 
O Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado (Codim) - que reúne 12 entidades dos mercados financeiros e de capitais - divulgou ontem seu pronunciamento n° 17 que orienta as empresas a melhorar o relacionamento com a imprensa.
 
Entre as recomendações, o pronunciamento pretende disciplinar o relacionamento em entrevistas exclusivas e incentivar a participação da imprensa com perguntas e respostas em teleconferências de resultados, geralmente fechadas para analistas e investidores. "A entrevista exclusiva não vai acabar, mas ficará dentro de certas regras", apontou o coordenador do Codim, Haroldo Levy.
 
A representante da BM&FBovespa e corelatora do pronunciamento Patrícia Bellini apontou uma participação maior da imprensa em teleconferências. "Recomenda-se que, nas teleconferências com analistas e investidores, seja permitida a participação de jornalistas, sendo que a companhia deve manter sua área de comunicação ou de RI [relações com investidores] preparada para receber e encaminhar eventuais questionamentos sobre assuntos não relacionados aos assuntos da teleconferência", disse. No mercado, apenas algumas empresas de capital aberto abrem a possibilidade de jornalistas formularem perguntas em teleconferências voltadas para analistas e investidores.
 
"As empresas tem como alternativa realizar conferências distintas para jornalistas e analistas", apontou Haroldo Levy.
 
A corelator do pronunciamento, Helio Garcia, disse que um dos propósitos do pronunciamento é evitar a negativa de concessões de entrevistas por porta-vozes mesmo quando há temas delicados (críticos). "Informações desfavoráveis relevantes devem ser divulgadas com a mesma presteza e franqueza que as informações favoráveis", afirmou o corelator.
 
Quanto à concessão de entrevistas exclusivas à mídia, o pronunciamento orientou as empresas abertas a tomarem alguns cuidados. "A companhia deve gravar o teor da entrevista, e esse material também servirá em casos de defesa e com o objetivo de resguardar as responsabilidades dos porta-vozes", afirmou Helio Garcia.
 
O pronunciamento orienta que nas entrevistas exclusivas só devem ser abordadas projeções de resultados que tenham sido divulgados anteriormente, assim como comentários sobre o desempenho da companhia. "As empresas devem ter uma política de melhor relacionamento com a imprensa", orientou Haroldo Levy.